A Happy Code foi fundada em 2015 pelo analista de sistemas e administrador paulista Rodrigo Santos, que ainda atua dentro da franquia. A ideia surgiu depois que sua filha foi para os Estados Unidos, fazer um Summer Camp de programação.

Esse momento foi importante para compreender todo o movimento da área e desenvolver um modelo de negócio no Brasil, com a primeira unidade instalada na cidade de Valinhos, no interior de São Paulo.

Ainda no final de 2015, foi inaugurada uma unidade em Valinhos, formatada no modelo de franquia. No ano de 2016, iniciou com duas unidades e, no final, a rede já tinha em torno de 50 a 55 filiais. Foi um ano importante, que representou um crescimento considerável.

De forma geral, a Happy Code tem 104 unidades no Brasil e mais de 50 escolas parceiras. Também existem unidades em Portugal e Angola. Em breve, Chile, França, Espanha e México também receberão o sistema.

Quer conhecer ainda mais sobre a Happy Code? Então continue a leitura!

Objetivos e metodologia da Happy Code

A rede de franquias conta com um método de ensino exclusivo, chamado Lean Education Technology (LET), no qual o foco é desenvolver as habilidades do século XXI nas crianças por meio da programação, robótica e Internet das Coisas.

O diferencial dessa metodologia é que ela permite que os pequenos deixem de ser apenas consumidores de tecnologia e passem a desenvolvê-la. Dessa forma, a inovação deixa de ser um fim e passa a ser um meio para o desenvolvimento infantil.

O objetivo é que os mais jovens desenvolvam soluções e criem tecnologias que vão mudar e impactar a vida de milhões de pessoas.

No método LET, as crianças passam por três etapas. A primeira é a descoberta, o momento no qual elas desenvolvem todas as habilidades técnicas que necessitam para resolver as duas próximas etapas.

A segunda é a etapa da missão, estágio no qual a criança entra em um contexto de situação-problema, ou seja, ela vai ter contato com um problema e precisará resolvê-lo. Nessa etapa, o Design Thinking é muito utilizado e os alunos começam a entender Canvas e fazer brainstorm, por exemplo, a fim de discutir qual seria a melhor solução.

Aqui, é importante frisar que todas as missões têm relação direta com os temas de alta prioridade da ONU: fome, pobreza, saúde, educação, entre outros.

Por fim, existe a etapa da construção: onde, as crianças vão realmente criar o projeto e fazer a construção do Minimum Viable Product (MVP), ou seja, o Produto Mínimo Viável. Elas também passam por um conceito chamado de Lean Startup, que é a manufatura enxuta.

Nessa última etapa, os pequenos são apresentados diretamente ao conceito de empreendedorismo, passam por protótipos de baixa e alta fidelidade, além de diversas outras etapas, inclusive pelo desenvolvimento do pitch.

Em um determinado momento, as crianças devem falar sobre as soluções que encontraram e “vender” as suas ideias para as pessoas que estão assistindo — no caso, para os pais. Se a solução for realmente muito viável e direcionada para o mercado, é possível acionar empresários, que podem investir nas crianças.

Essa é uma forma de aproximá-las do que já acontece hoje no mercado. Muitas startups utilizam esses conceitos de manufatura enxuta para conseguirem lançar os seus produtos no mercado.

Essa concepção tem exatamente a intenção de fazer um produto com custo baixo, de forma muito simples e que sofra ajustes de acordo com os feedbacks das pessoas e da utilização dos funcionários.

Mercado EdTech

A Happy Code está inserida no mercado de EdTech de educação tecnológica. Hoje, esse é um dos mercados que mais crescem no mundo, principalmente no mundo de franquias, com previsão de que movimentará mais de 1 trilhão de dólares até 2020.

O setor avança conforme a tecnologia passa a desempenhar um papel cada vez mais importante na vida das pessoas. Se os professores ficam presos aos velhos hábitos, o ensino não consegue evoluir. Por isso, é importante aproveitar todas as oportunidades que o desenvolvimento tecnológico proporciona.

Funcionamento das franquias

franquia de educação

Com relação ao funcionamento das franquias, há dois modelos que funcionam, em questão de curso e possibilidades, de maneira igual. O primeiro deles é o modelo “de rua” chamado Standard, no qual o franqueado precisa montar um local com recepção, sala de espera, sala de games e sala de aula.

O outro modelo, chamado de Labs, é específico para funcionar dentro de uma escola, por exemplo, com espaços já em funcionamento que tenham sinergia com educação. Normalmente, esse modelo funciona melhor para cidades com até 50 mil habitantes e o modelo Standard para cidades com população acima desse número.

Para garantir a qualidade de todas as franquias, a Happy Code consegue verificar tudo o que está sendo feito na rede por meio de sistemas, graças ao grande time de consultoria de campo.

Além disso, o programa conta ainda com webinares semanais, videoconferências, treinamentos regionais e presenciais na matriz, em Campinas. Dessa forma, é possível manter os franqueados próximos, afinal, eles são sócios e o sucesso de todos é o que mais importa.

Isso significa que a Happy Code proporciona um suporte de qualidade, o que muitas franquias acabam não oferecendo. O profissional de campo tem uma grande proximidade com o franqueado e gera nele uma maior segurança de área para o que for preciso.

Diferenciais

O principal diferencial é a metodologia de ensino, ou seja, a forma como todo o conhecimento é transmitido para as crianças. O objetivo não é formar novos programadores, mas sim fazer a diferença e mudar a educação no Brasil e no mundo.

Os métodos vividos pelos nossos pais, de copiar matéria da lousa e escrever o nome no caderno, não funciona mais para a geração de nativos digitais. Além de todo o esforço de fazer a diferença por meio da tecnologia, a franquia tem o objetivo de transformar e melhorar o ensino para todos.

A Happy Code oferece um bom suporte pedagógico, com treinamentos constantes, tanto para o franqueado quanto para a sua equipe. Também tem uma ponte junto ao Vale do Silício, onde o escritório e o cofundador ficam no meio de startups para trazer cada vez mais inovação para o método de ensino.

Gostou de conhecer essa rede de franquias que só cresce? Quer receber mais informações? Então entre em contato conosco agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *