Você já notou que a alfabetização tecnológica vem ganhando cada vez mais espaço? Há algumas décadas, precisávamos de poucos recursos para dar os primeiros passos. Atualmente, porém, educação e tecnologia dificilmente se desconectam. Pensando nesse contexto, você já ouviu falar nos cursos da Happy Code?

Embasados nos temas mais relevantes para a sociedade contemporânea — como sustentabilidade, paz, saúde e educação —, eles são capazes de formar os jovens para lidar com problemas concretos.

Afinal, como utilizar ferramentas digitais para esse fim? De qual forma esse tipo de ensino impacta o desenvolvimento das crianças e as prepara para o mercado? Leia o texto até o fim para saber mais!

Quais são os diferenciais dos cursos da Happy Code?

A Happy Code utiliza uma metodologia que visa aprimorar habilidades do século 21, ou seja, capacidades ligadas às necessidades de nosso tempo. Por isso, trabalha disciplinas fundamentais na formação de pessoas que consigam lidar com os desafios da era digital.

Não à toa, direcionamos boa parte dos cursos à resolução de problemas reais. Entendemos que, tanto para os alunos quanto para os pais, é necessário perceber a aplicabilidade do que se aprende — qual é a utilidade de determinado conceito, por quais razões dominar essa prática etc. Um dos exemplos mais claros disso é quando propomos o desenvolvimento de um aplicativo de incentivo à leitura.

Além disso, não nos preocupamos somente com as habilidades técnicas e a preparação para o mercado. Por meio do método que criamos, também há o estímulo ao desenvolvimento de capacidades como comunicação, autonomia, empreendedorismo, colaboração e pensamento crítico.

Outro diferencial impactante é que procuramos trazer os alunos para dentro de narrativas, de modo que consigam se envolver de forma lúdica na busca por um objetivo concreto. Também temos as atividades “desplugadas”, que priorizam o ensino de conceitos técnicos sem a utilização de um computador.

Como funcionam os cursos de Letramento Digital (LET)?

O letramento digital consiste em um conjunto de competências. Elas levam os jovens a compreender e utilizar criticamente o excesso de informação com o qual convivemos na era dominada pela internet.

Nossos cursos de Letramento Digital são baseados no modelo STEAM, acrônimo em inglês para designar as cinco áreas do conhecimento, que são:

Uma instituição que se baseia nesse modelo geralmente trabalha com a execução de projetos que envolvem mais de uma das áreas. Há casos de escolas que reúnem professores de diferentes disciplinas para que eles proponham um problema. Com o apoio deles, os estudantes devem, juntos, pensar em maneiras de resolvê-lo.

Há, ainda, os três conceitos centrais que estão presentes nos cursos de Letramento Digital: Descoberta, Missão e Construção.

No momento de Descoberta, o aluno é levado a aprender conceitos técnicos por meio de um processo guiado. Durante a Missão, ele tem acesso a um contexto e a um problema — é a hora de pensar em todas as possibilidades e ter ideias inovadoras. Na etapa de Construção, a criatividade pode ser visualizada em protótipos, cuja finalidade é apresentar o que se desenvolveu.

Os cursos de Letramento Digital (LET) são:

Quais são os cursos rápidos da Happy Code?

Os cursos rápidos fazem jus ao próprio nome: são ágeis e divertidos e conseguem despertar nas crianças e adolescentes o interesse pela educação tecnológica. A criatividade e o raciocínio lógico também são aprimorados. Eles duram, em média, 6 horas.

De forma geral, ajudam na preparação para entender o que está por trás de certas ferramentas tecnológicas. Assim, o aluno se torna um criador e deixa de ser um mero consumidor.

Apesar de serem voltados à tecnologia, conceitos pertencentes a outras áreas também são visitados de maneira indireta, como matemática e física. Com isso, é feita uma interligação entre conhecimentos correlatos. Veja, a seguir, quais são esses cursos e por que são importantes.

Programação

Trata-se de um curso de introdução à lógica de programação, com a linguagem Blockly. Nele, seu filho desenvolve a capacidade cognitiva e também se prepara para o mercado de trabalho ao aprender conceitos de uma área que será ainda mais valorizada e necessária nos próximos anos.

Minecraft

O curso de Minecraft tem vários módulos, como Start, Xtreme, Adventure e Advanced. São estudadas diversas técnicas, como animação, personalização do cenário e programação.

Youtuber

No curso de Youtuber, os alunos compreendem mais sobre esse universo repleto de possibilidades. Em suma, aprendem a criar um canal, fazer a manutenção e gerar conteúdo. Consequentemente, são instruídos a fazer edição básica de vídeo e tratamento de imagem, além de trabalhar com direitos autorais.

Roblox

Aqui, os trabalhos são feitos a partir de uma ferramenta chamada Roblox Studio, que possibilita a criação de personagens, cenários e vários itens. Noções espaciais, de engenharia e de estruturas sólidas são aprimoradas, assim como a língua inglesa, necessária para a utilização dos instrumentos.

O que se aprende nos cursos regulares?

Os cursos regulares da Happy Code têm duração semestral ou anual e, por conta disso, se aprofundam em conceitos que também são trabalhados nos cursos rápidos. Não à toa, alguns deles também são oferecidos nessa modalidade, como os de Youtuber e de Programação, possibilitando que o aluno tenha mais contato com as técnicas em questão.

Há ainda outras opções, como os cursos de Digital Arts, Games com Computação Cognitiva e Robótica. Neles, são trabalhados modelagem e animação 3D, lógica de programação e circuitos eletrônicos, respectivamente.

Por que escolher os cursos da Happy Code?

A Happy Code é a maior rede de escolas de programação, robótica e criação para crianças e adolescentes do Brasil e de Portugal. Como temos um portfólio muito grande de cursos que se complementam, os alunos podem escolher o que é mais interessante para eles.

Nossas aulas são focadas na criação e em conceitos que serão úteis mesmo se a ferramenta tecnológica em si mudar com o tempo. Queremos que o aluno entenda o que está por trás da teoria e da prática. Para manter o aperfeiçoamento constante nos métodos que utilizamos, somos membros de algumas organizações de renome internacional, como a ISTE e a CSTA.

Enfim, os cursos da Happy Code são ministrados por mentores — nossos professores não são os únicos detentores do conhecimento, o que estimula os estudantes à autonomia na aprendizagem de habilidades tão importantes e atuais.

Se você gostou do texto e quer saber mais a respeito, aproveite para entrar em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *