A união de educação e entretenimento, que também é conhecida por edutainment, contribui diretamente no desenvolvimento e aprendizado das crianças. Essa é uma forma de aumentar o interesse pelos estudos e conseguir resultados importantes.

A combinação de educação e entretenimento é uma estratégia utilizada no cotidiano de escolas e famílias. Entretanto, no contexto de isolamento que vivemos por causa da COVID-19, ela se torna fundamental para os pais e crianças.

Pensando nisso, vamos listar 7 dicas de como combinar educação e entretenimento de maneira efetiva. Acompanhe a leitura e siga nossas sugestões!

1. Esportes

Os esportes são uma atividade muito importante para o desenvolvimento das crianças, pois contribuem na parte física, psicológica e social. Eles ajudam a aumentar a disciplina e o senso de responsabilidade, ensinam os participantes a lidar com a frustração, entre outros benefícios.

Como muitos esportes são coletivos, o trabalho em equipe é bastante valorizado. Desse modo, os relacionamentos e aspectos sociais são trabalhados, contribuindo para tirar a timidez, por exemplo.

A consciência corporal é outro benefício, pois é preciso saber cumprir os objetivos estabelecidos pelo esporte. Além disso, ao praticar esportes a criança também cuida da sua saúde, adquirindo mais resistência e gastando a energia normal para essa idade.

2. Xadrez

O xadrez é um jogo bastante utilizado como opção educacional, pois traz muitos benefícios para quem o pratica. Ele oferece recompensas e punições imediatas, estimula o interesse, promove o estado de alerta mental e desafia as crianças a superarem seus limites.

Quando utilizado da maneira correta, o xadrez contribui na memorização, no ensino da matemática, na resolução de problemas e na concentração. Sendo assim, essa é uma ferramenta interessante no contexto educacional, que pode ser aplicada sem grandes investimentos e utilizada mesmo em casa.

3. Jogos educativos

A brincadeira é muito importante para o desenvolvimento físico, motor, social e cognitivo da criança. Por isso, é interessante utilizar as atividades lúdicas no processo de aprendizagem, como os jogos educativos.

É possível aproveitar os jogos de tabuleiros, analógicos ou digitais, para ensinar alguns conteúdos e princípios. Essas atividades tendem a favorecer valores como cooperação, liderança e competição.

Além disso, eles são atraentes, proporcionando mais engajamento das crianças na atividade. Sendo assim, é possível combinar disciplinas da escola, como português, matemática e história, e aproveitar o interesse da criança para melhorar a sua compreensão sobre esses assuntos.

Os jogos eletrônicos, por exemplo, fazem o jogador pensar de maneira estratégica, desenvolvendo diversas habilidades durante as atividades. Afinal, além de pensar no que é necessário ser feito para atingir as metas e objetivos, é preciso ter boa memória, coordenação motora, raciocínio rápido, entre outras características.

4. Robôs inteligentes

Em um mundo cada vez mais tecnológico e digital, o contato com a tecnologia também é essencial durante a infância. Os robôs inteligentes são outra forma de prender a atenção das crianças, pois despertam a curiosidade e o interesse sobre diversos aspectos.

Para aprender a mexer com essas ferramentas, as crianças entram em contato com conceitos de diversas áreas, principalmente relacionadas a área de exatas.

A curiosidade e criatividade também são aguçadas, o que costuma levar ao hábito de pesquisar, o que é importante nessa fase.

Além disso, eles também podem ser utilizados para atrair a atenção para outras disciplinas, por meio de conteúdos interdisciplinares.

O aumento no interesse pelos estudos traz resultados interessantes, pois a criança explora melhor seus conhecimentos e potencial.

5. Softwares robóticos

Os softwares robóticos são uma estratégia de ensino que está crescendo nas escolas, pois proporcionam um relacionamento mais saudável das crianças com a tecnologia. Desse modo, elas aprendem a não serem apenas consumidoras de conteúdo digital e passam a produzir.

A internet deixa de ser apenas uma fonte de entretenimento e diversão, ganhando status de um elemento de aprendizagem. Isso é fundamental no cenário atual, em que o tempo gasto com a tecnologia aumenta, o que pode ser prejudicial quando não controlado.

Além disso, a programação e a robótica envolvem relações de causa e efeito, estabelecendo fluxos de etapas que sucedem uma saída lógica para uma determinada questão.

Isso tudo está contribuindo para aguçar o raciocínio lógico, habilidade importante para as ciências exatas, como matemática e física.

O pensamento crítico também é estimulado, com a análise completa dos problemas, assim como o planejamento, a pesquisa e a investigação. Essas competências são úteis para o período escolar e na vida cotidiana.

6. Música

A música é outra atividade que atrai bastante as crianças e que pode ser empregada de forma lúdica e educativa ao mesmo tempo. Ela é útil para o aprendizado de matemática, com os tempos das canções, além de contribuir para a concentração e a memória, ajudando a melhorar o desempenho escolar.

Os elementos musicais também despertam a criatividade, característica importante para o desenvolvimento na infância. Quando a atividade envolve instrumentos, contribui para a coordenação motora, já que é preciso aprender a seguir as orientações da música de forma correta.

7. Aplicativos

Como já falamos, a internet pode ser usada de forma benéfica no aprendizado, por isso, vale a pena saber como empregar os melhores recursos que ela oferece. As crianças passam um tempo considerável com seus dispositivos, sendo importante ensiná-las a usá-los de maneira saudável.

O uso de aplicativos é uma boa alternativa, pois existem várias opções que oferecem conteúdos educacionais de valor. É possível encontrar assuntos como português, matemática, geografia, entre outras disciplinas escolares.

Além disso, eles oferecem conteúdos que vão além do que é aprendido na escola, trazendo lições que podem ser aplicadas no cotidiano. Para aproveitar melhor esse recurso, é bom acompanhar o uso e direcionar para os aplicativos adequados.

Neste artigo, trouxemos algumas formas de combinar educação e entretenimento, o que pode ser muito positivo para o desenvolvimento das crianças.

Dentro desse contexto, os pais têm papel importantíssimo na adoção de tais práticas para potencializar o aprendizado dos filhos. Com esses hábitos, é possível otimizar os resultados e melhorar o desempenho escolar.

Gostou do nosso conteúdo? Quer saber mais sobre o assunto? Então, acesse o nosso site e veja como a Happy Code contribui para o aprendizado do seu filho!