O ensino híbrido é uma metodologia que traz benefícios para o processo de aprendizagem, quando empregada de maneira correta. A inserção da tecnologia e a mudança dos papéis de professores e alunos dão às crianças mais protagonismo e autonomia.

O contato consciente com a tecnologia desde a infância é importante para que a criança aprenda a usá-la de maneira positiva. Com esse método, a escola ajuda a ensinar como isso pode ser feito e inspira os estudantes a encontrarem conhecimento por meio da pesquisa e exploração.

Neste artigo, entenderemos o que é o ensino híbrido e como ele funciona. Além disso, mostraremos 6 oportunidades que essa metodologia pode proporcionar. Confira e fique por dentro do assunto!

Entenda o que é o ensino híbrido

O ensino híbrido é uma metodologia que aproveita o melhor das modalidades de educação offline e online.

Desse modo, os estudantes passam por diferentes experiências durante as aulas, otimizando o processo de aprendizagem.

Aplicar essa metodologia, entretanto, não significa apenas acrescentar tecnologias às aulas. Todo o planejamento de ensino é modificado, pois professores e alunos devem assumir papéis diferentes no processo de aprendizagem.

Entre os diversos métodos utilizados nessa estratégia, está a sala de aula invertida. O objetivo é incentivar o aluno a estudar o conteúdo com antecedência, por meio de recursos digitais.

Durante os encontros presenciais, o professor esclarece dúvidas, traz informações complementares e propõe atividades que reforçam o conteúdo aprendido no ambiente online.

Para que o ensino híbrido funcione é preciso considerar se a escola tem a estrutura necessária, se os professores entenderam o conceito e que tipo de tecnologia será utilizada. Esses elementos garantem que a metodologia será aplicada de maneira eficiente, trazendo benefícios para o processo de aprendizagem.

Confira 6 oportunidades que ele oferece para as crianças

Agora, que entendemos um pouco mais sobre o que é o ensino híbrido, vamos ver quais oportunidades ele oferece para as crianças. Confira!

1. Possibilita flexibilidade

Uma das principais vantagens desse modelo é a flexibilidade de ambiente e horário que ele oferece para o estudante. Desse modo, as crianças conseguem aproveitar o melhor do modelo presencial e o melhor do virtual.

Na sala de aula a criança deverá cumprir às estratégias educacionais propostas pelos seus professores, vivenciando a disciplina e o relacionamento interpessoal. Já no ambiente virtual, ele terá controle sobre os elementos de sua rotina de estudos, como tempo, local e ritmo.

2. Traz autonomia para a criança

Com um processo de aprendizagem flexível, o aluno tem mais autonomia e liberdade para consumir o conteúdo disponível. O objetivo é incentivar a independência nos estudos, criando uma cultura de busca por conhecimento.

Essa característica será importante durante toda a formação da criança, que aprenderá a buscar conhecimento por conta própria. Além disso, aumentará a sua habilidade na gestão de tempo, controlando melhor as atividades cotidianas.

Dessa forma, o aluno passa a ser protagonista, não apenas um mero espectador das aulas. Sendo assim, o estudante consegue explorar os temas abordados com mais profundidade e o professor tem facilidade para enxergar quais são as dificuldades de cada um.

3. Aumenta a conexão entre alunos

As aulas dessa metodologia devem ser menos expositivas, dando espaço para a participação dos alunos. Dessa maneira, o relacionamento entre os colegas é incentivado, promovendo mais conexão entre eles.

O resultado é um espírito colaborativo e de compartilhamento de informações, sempre com o objetivo de resolver os problemas. Nesse ambiente, a ideia é cultivar o conhecimento comum, favorecendo a ajuda mútua.

O conhecimento de todos, ao ser compartilhado, permite que dúvidas pertinentes sejam tiradas, otimizando o processo de aprendizagem. Além disso, é uma forma de promover o espírito colaborativo entre os estudantes, que podem trabalhar em conjunto para resolver determinadas atividades.

4. Oferece personalização da aprendizagem

Outra oportunidade relevante oferecida por esse modelo é a personalização da aprendizagem. Nos métodos tradicionais, muito conteúdo é apresentado de forma uniforme para todos os estudantes.

Entretanto, cada aluno tem uma bagagem cultural extremamente ampla e diversificada, o que influencia diretamente na absorção dos conteúdos. Sendo assim, o modelo híbrido oferece uma personalização, permitindo que o estudante utilize ferramentas e guie parte do seu estudo.

Os estudantes aprendem de diferentes maneiras, sendo que uns preferem ouvir, outros escrever, por exemplo.

Nesse modelo de ensino, essas diferenças são respeitadas e cada aluno pode conduzir o processo de aprendizagem de acordo com suas necessidades.

5. Proporciona mais qualidade na construção do conhecimento

A instituição de ensino deve disponibilizar os materiais que os alunos terão acesso no ambiente virtual. Como eles entram em contato com esses conteúdos antes de ir para aula, isso resulta em questionamentos mais constantes a respeito do que foi apresentado.

Isso demonstra a importância da autonomia que a modalidade traz para o ensino, colaborando para a construção do conhecimento com mais qualidade. A criança não fica somente esperando o que será ensinado, ela aprende primeiro e tira suas dúvidas em sala de aula.

Além disso, as oportunidades de aprofundamento nas pesquisas que mais interessam a cada um enriquecem o processo de ensino.

6. Melhora o aproveitamento das aulas

A instituição direciona os conteúdos que serão vistos no ambiente online. Dessa forma, os estudantes conseguem adquirir e reter melhor as informações e se tornam mais participativos e interessados, fazendo questionamentos sobre o que foi estudo em casa.

A melhora no rendimento escolar também pode ser notada, pois o conhecimento prévio otimiza o tempo e contribui para que as aulas sejam mais dinâmicas. O professor consegue também pode promover discussões em grupo mais ricas, pois todos os alunos têm conhecimento prévio sobre o assunto.

Neste artigo, mostramos algumas oportunidades que o ensino híbrido pode oferecer para as crianças. É importante considerar essa metodologia na hora de escolher uma instituição para matricular seu filho, pois ela oferece benefícios no processo de aprendizagem que podem contribuir para um desenvolvimento ainda mais completo.

Gostou do nosso conteúdo? Então, aproveite para ler outro artigo nosso que traz 7 dicas para você estimular o desenvolvimento infantil do seu filho. Temos certeza de que será de grande ajuda!