Está enganado quem pensa que só existem campeonatos de esportes na realidade. No mundo virtual, também ocorrem torneios entre jogadores de todo o mundo, com equipes profissionais e patrocinadores que investem milhões. Os eSports, também são conhecidos como esportes eletrônicos, que são as competições organizadas de jogos que ocorrem todos os anos e vem ganhando reconhecimento e diversos seguidores.

A popularidade das competições vem se tornando crescente e famosa entre os jogadores, por conta da criação dos MOBAs (Multiplayer Online Battle Arena). Os jogos que se destacam na modalidade são o Dota 2 e o LoL (League of Legends). No último campeonato mundial, o LoL (league of legends) alcançou 32 milhões de visualizações.

Leia mais: Benefícios do aprendizado de programação e robótica

Dota 2 conquista jogadores de diversos países 

Dota 2 é um jogo de ação e estratégia do gênero MOBA produzido e publicado pela Valve (desenvolvedora também de Counter Strike e Half-Life). Neste jogo, é possível escolher um herói com opção de até 100 personagens, cada um com suas próprias habilidades e modo de jogo. A escolha é de extrema importância, pois define o comportamento durante a partida. Dota 2 foi inicialmente uma modificação de um mapa desenvolvido para Warcraft III, que revolucionou o mundo dos jogos e mudou a forma como eles eram vistos. Já possui milhões de jogadores ao redor do mundo entre profissionais e amadores. Em cada partida se formam duas equipes de cinco jogadores. Este jogo pode ser encontrado de forma gratuita para baixar na Steam.

League of Legends – LoL – um dos mais jogados no mundo

League of Legends (popularmente chamado de LoL) é um jogo no estilo MOBA desenvolvido e publicado pela Riot Games, inspirado na modificação (mod) Dota 2 do jogo Warcraft III. Neste game, os jogadores assumem o papel de invocadores, controlando campeões e lutando contra outros invocadores ou campeões. No modo mais popular do jogo, o objetivo é destruir o Nexus da equipe adversária, uma construção localizada na base do inimigo. Cada personagem possui habilidades únicas, sendo necessário saber sua função na equipe e escolher sabiamente o campeão. Chegando a uma marca de 67 milhões de jogadores, League of Legends, se tornou o jogo mais jogado no mundo. Todos os anos acontece campeonatos de LoL (league of legends) tanto de amadores em pequenos eventos e de profissionais com milhões de espectadores, até mesmo cinemas reservam salas para esta competição.

Veja mais: Crianças e adolescentes aprendem programação e robótica interagindo com robôs

Bolsa de estudos para gamers

Universidades conceituadas dos Estados Unidos, como a Universidade da Califórnia, Irvine (UCI), Kentucky’s University of Pikeville e Universidade Robert Morris, em Chicago, por exemplo, vêm dando oportunidades para estudantes se tornarem jogadores profissionais. No passado, apenas eram disponibilizadas bolsas de estudos para atletas de esportes convencionais. Agora, os gamers também podem se beneficiar para representá-las nos campeonatos mundiais.

A Universidade da Califórnia abriu este programa de bolsas neste ano e escolheu dez estudantes para formar o time de “League os Legends”.

Investiu em estrutura com computadores de alto nível para o eSports.

A tendência é que outras universidades da América do Norte também implantem este programa de bolsas de estudos.

eSports traz diversos benefícios para os jogadores

Ao contrário do que muitos pensam, que games tornam as pessoas viciadas e sedentárias, em contrapartida, os esportes eletrônicos também trazem diversos benefícios aos jogadores. Apesar da falta de exercício cardiovascular, existem diversas relações com as modalidades esportivas tradicionais.

Confira alguns benefícios que o e-Sports traz:

Competição: os esportes eletrônicos, assim como os esportes tradicionais, despertam o instinto de competição.

Atenção e Concentração: o jogador precisa se concentrar e prestar muita atenção aos detalhes, ter coordenação manual e visual.

– Mente estratégica: os eSports ajudam a trabalhar a mente e o raciocínio lógico. Assim, os jogadores desenvolvem pensamentos estratégicos para as situações. Eles planejam cada passo.

– Trabalho em equipe: você não joga sozinho, por esta razão aprende a trabalhar em equipe, a pensar nas melhores estratégias para seu time e assim, desenvolve o relacionamento interpessoal.

– Redução de estresse: os jogos ajudam a controlar o nervosismo e ansiedade trazendo bem-estar a vida do jogador.

– Projeção profissional: o mundo virtual vem ganhando espaço e bilhões de investimento, como o eSports. Hoje, um jogador profissional pode receber muito dinheiro e ter uma carreira promissora.

A Happy Code traz cursos de programação e robótica que ensinam crianças e adolescentes de seis a dezessete anos a pensar, criar, desenvolver e executar os próprios games. Além disso, também podem exportar para o mercado profissional.

Confira todos os cursos da Happy Code e agende uma visita.

https://www.happycodeschool.com/blog/nossoscursos/

Encontre a unidade mais próxima de você:

https://www.happycodeschool.com/blog/nossas-unidades/

Confira mais notícias, curta e compartilhe a página da Happy Code no Facebook:

https://www.facebook.com/happycodebr/?fref=ts