Um dos principais problemas enfrentados pelos pais no período escolar é com relação às notas baixas no boletim. As causas disso podem ser várias, desde a falta de adaptação às metodologias de ensino até mesmo um déficit de atenção.

Se o boletim do seu filho tem trazido preocupação para seus dias, você não pode deixar de ler este artigo. A seguir, mostraremos algumas ações que podem ajudar a reverter a situação, melhorando as competências e habilidades da criança!

Converse com seu filho

O primeiro passo é entender a situação, para isso é fundamental conversar com seu filho. Vale lembrar que o momento é delicado, logo, é preciso ter empatia para saber escutar e poder ajudá-lo a superar essa fase.

Evite fazer críticas severas, pois seu filho deve se sentir confortável para compartilhar a situação, independentemente de qual seja, isso ajudará a fortalecer o relacionamento entre vocês. A ideia é que, a partir disso, ambas as partes possam vir com sugestões do que pode ser melhorado, criando assim um plano de ação para reverter o quadro. Lembre-se também de demonstrar apoio e deixar claro que ele deve pedir ajuda diante de qualquer dificuldade.

Entre em contato com a escola

A escola também deve ser contatada em casos de notas baixas. É crucial que você converse com os professores para poder entender a situação geral da turma e conhecer questões que não foram abordadas pela criança. Muitas vezes, os educadores conseguirão explicitar melhor o que está acontecendo.

Falha na adaptação, bullying, dificuldade de concentração… Existem vários motivos pelos quais um aluno pode ter dificuldades em atingir os objetivos propostos. Ao conversar com os educadores ficará mais fácil fazer a identificação e, assim, estabelecer uma ação que seja favorável ao desenvolvimento do aluno.

Busque formas de auxiliar

Pensando na intervenção, existem técnicas que podem auxiliar o aluno. Uma das principais é buscar o reforço escolar. Se, mesmo depois de conversar com os professores e vocês estabelecerem ações para reverter o quadro, as notas baixas continuarem, o reforço é a melhor opção.

Além de ajudar o aluno a dominar um conteúdo que não foi assimilado, ele será essencial para nivelar o conhecimento da criança com o da sua turma. O interessante de buscar esse auxílio é para potencializar até mesmo futuros aprendizados.

Estabeleça uma rotina de estudos

A rotina de estudos é outra dica para evitar notas baixas. Reserve sempre um período do dia para você verificar as tarefas da criança, aprendizados e possíveis exercícios que ela precisa fazer. Pergunte sobre as dificuldades e ajude seu filho a entender no que ele pode melhorar.

A participação na vida escolar é um bom exemplo que se dá em casa, especialmente quando as notas baixas surgem. Assim, seu filho perceberá a importância que ele deve dar aos estudos, valorizando o conhecimento. Por isso, a rotina é o ideal para dar continuidade no aprendizado.

Os pais devem acompanhar de perto o desempenho escolar dos filhos, a fim de ajudá-los sempre da melhor forma. Portanto, é preciso sempre checar o comportamento da criança, pois os sinais costumam aparecer nesse momento.

Quer entender melhor sobre o assunto? Descubra como ajudar os filhos que têm dificuldade de aprendizagem em nosso outro artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *