O que é “geek”? Conheça essa cultura!

Entenda mais sobre essa cultura, cada vez mais popular, que inclusive tem um dia exclusivo para celebrá-la

 

Durante esse mês, talvez você ouça falar muito sobre “geek”. O motivo é que em maio é celebrado o Dia do Orgulho Geek, além de outras datas importantes para esse público. Essa cultura, como a conhecemos, existe há mais de 30 anos e a Happy é apaixonada por ela. Inclusive, por isso foi criado o Mês Happy, clique aqui e saiba mais. Preparamos esse artigo para você entender mais sobre essa paixão.

A palavra geek (pronuncia-se “gui-q”) é um anglicanismo, ou seja, uma palavra usada em nosso idioma, emprestada da língua inglesa. Essa é uma gíria que começou a ser usada na Europa há mais de 150 anos e tem origem no inglês e alemão e significava bobo ou louco. Foi usada, inicialmente, para se referir aos artistas de rua que faziam performances bizarras, mas atualmente tem outro significado.

Foi no boom tecnológico dos anos 90 que geek ganhou o significado positivo que atribuímos hoje. Com a popularização dos computadores e da internet esse termo passou a ser usado para pessoas especialistas em tecnologia ou muito interessadas em alguma coisa, como “geek de computador” ou “geek de revistas em quadrinhos”, porém com poucas relações sociais.

Atualmente, geek se refere às pessoas que amam, além da tecnologia, videogames, RPGs, cinema, revistas em quadrinhos, animes e outros produtos da cultura pop. E embora, incialmente, esse público fosse conhecido também por manter poucas relações sociais, isso mudou. Na verdade, hoje os geeks são muito populares e ditam modas.

 

Geek ou nerd?

Existe bastante confusão entre geeks e nerds. Afinal, qual é a diferença entre os dois? O termo geek é usado desde os anos 90 para se referir aos fãs de tecnologia. Por sua vez, “nerd” tem uma conotação parecida desde os anos 50. Provavelmente, essa gíria tem origem na palavra inglesa “nert”, que significa louco, e passou a ser empregada para pessoas estudiosas e inteligentes.

Historicamente falando, os nerds se interessam por assuntos científicos, RPGs e programação. Além disso, ficaram conhecidos por um visual composto por óculos, camisas xadrez, suspensórios e suéter. Devidas a essas características tão específicas, nerd se tornou sinônimo de estranho. Por isso, muitas vezes esse público se isolava em seus círculos de estudos, discussões e jogos para fugir de preconceitos e violência.

Sobre a diferença entre geeks e nerds, existem vários pontos de vistas e “teorias” sobre ambos. Muitas vezes, esses termos são vistos como sinônimos. Porém, nerd foi usado durante muito tempo de forma pejorativa e, na verdade, isso ainda acontece. Por outro lado, geek tem uma conotação mais positiva.

Há também quem defenda que existem diferenças entre geeks e nerds. Certa vez, Burr Settles, engenheiro de software, fez uma pesquisa no Twitter para descobrir as palavras mais associadas a esses dois grupos. Então, ele descobriu que nerds são mais relacionados com ciências, e geeks com a cultura pop. Porém, ambos são unidos pela paixão por videogames e temas como super-heróis e cosplay, por exemplo.

 

As diferenças entre geeks e nerds

Além das pesquisas feitas por Burr Settles no Twitter, o site Masters In IT elencou as diferenças entre geeks e nerds, inclusive no mercado de trabalho.

Geeks normalmente atuam nas áreas de webdesign, tecnologia da informação, marketing, design gráfico, design de jogos, bartender ou barista, enquanto os nerds trabalham com ciência, programação, engenharia, tecnologia da informação e atendente de lojas de vídeo.

Quanto aos interesses, normalmente os geeks se interessam muito por algo específico ou estilo de vida e se tornam especialistas nisso. Inclusive, tendem a sair do nível de conhecimento básico sobre algo para “enciclopédias vivas”. Os nerds, por outro lado, costumam se aprofundar em assuntos acadêmicos e desenvolvem várias habilidades baseadas em jogos, filmes, entre outras coisas.

Em seus relacionamentos interpessoais, geeks tendem a falar sobre seu estilo de vida e habilidades e usam referências da cultura pop na conversa. Ao dizer para um geek que está “tentando fazer algo”, é possível que ele responda “fazer ou não fazer, tentativa não há”, citando o Yoda do Star Wars, por exemplo. E quanto às relações amorosas, esse público pode, eventualmente, se apaixonar e se casar com não-geeks.

Os nerds, de uma forma um pouco diferente dos geeks, costumam usar referências tecnológicas em suas conversas e dizer coisas como “eu adoraria mudar o mundo, mas eles não querem me passar o código fonte” ou outras falas relacionadas à programação. E diferentemente dos geeks, tendem a se apaixonar e se casar com outros nerds.

 

Mês Happy, o mês dos geeks e nerds

A Happy é apaixonada por conhecimento e pela cultura geek. Por isso, unimos o melhor desses dois mundos e criamos o Mês Happy. Assim, durante todo o mês de maio teremos uma programação especial, com o objetivo de educar e divertir. 

O Mês Happy já iniciou, com uma live sobre jovens com propósito, onde tivemos a participação da Daiana Oliveira, Cavaleira do Laboratório (Produtos) da Happy e a Carol Moura, única brasileira a competir na olimpíada internacional de informática, que atualmente está matriculada no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Também contamos com a participação do André Kind e Julia Grupo, da Galeria (Marketing). Você pode conferir a live, clique aqui. 

Teremos ainda outras lives, Happy Hour, sorteios e muito mais. Confira o calendário de eventos:

 

 

Além do Mês Happy

Se um mês inteiro de Happy é bom, imagina um ano inteiro ou mais? Se você tem filho(a) entre 5 e 17 anos de idade, ele(a) pode ter essa oportunidade! Procure o hub mais próximo de sua casa e agende uma aula experimental gratuita. Clique aqui!

Você também pode ajudar a proporcionar muitas horas felizes, de muito aprendizado, para crianças e adolescentes de sua região. Seja um franqueado, clique aqui e saiba como!

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades! Instagram, Facebook e LinkedIn.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *