É comum as crianças baixarem games gratuitos para se divertirem com os dispositivos móveis. Essa prática possibilita a exibição de propaganda em jogos que, em geral, têm como finalidade a venda.

Isso acontece porque essa é uma forma de o desenvolvedor do app conseguir uma renda. Por outro lado, nem sempre os anúncios apresentam um foco comercial. Eles podem não apenas infectar o equipamento com vírus, mas também roubar informações dos usuários.

Neste post, abordaremos uma definição de adware, falaremos sobre o uso desse recurso de maneira maliciosa e explicaremos algumas alternativas para evitar a veiculação de anúncios enquanto o seu filho estiver jogando no smartphone, tablet ou desktop. Confira!

Entenda o que é adware

O adware é um programa utilizado para a divulgação de publicidade em dispositivos móveis e no computador. Ele é formado pela junção das palavras “advertising” (“publicidade” em inglês) e “software”, que significa sistema.

A ferramenta propicia a exibição de pop-ups e notificações no PC. Além disso, cria barras suspeitas de pesquisa no browser e afeta o funcionamento dos navegadores, obrigando o acesso a páginas duvidosas.

O nível de gravidade da infecção por adware é variado. Uma versão, por exemplo, pode apresentar somente propaganda em jogos, o que irrita os internautas por tirar a concentração durante as partidas.

Outras versões têm um comportamento mais agressivo, porque espionam as atividades dos usuários nos equipamentos ou criam brechas de segurança que favorecem a infecção por vírus.

Em alguns casos, o adware funciona em segundo plano no sistema. Dessa forma, provoca uma perda de rendimento do dispositivo móvel ou do computador. Isso é percebido pela demora para a abertura de programas e pelos travamentos constantes.

Prevenção

Há uma série de ações para evitar os adwares. Uma delas é constatar se é confiável a fonte do download do programa gratuito. Essa iniciativa é fundamental para não instalar uma cópia modificada do aplicativo que mostre propagandas em jogos com fins maliciosos.

Outra dica importante é atualizar os sistemas operacionais e os antivírus periodicamente. Assim, os softwares de segurança terão mais condições de localizar a ameaça e eliminá-la rapidamente.

Também é necessário fazer uma leitura atenta dos procedimentos para instalar o programa. A medida é essencial para constatar se podem ser inseridas ferramentas ou extensões desconhecidas no browser. Nessa situação, é indicado não instalar o adware ou interromper o processo.

Para os donos de smartphones, a sugestão é baixar aplicativos somente nas lojas oficiais do Google e da Apple. Nelas, os apps são submetidos a um filtro técnico que evita o surgimento do adware.

Remoção

O processo de retirada de um adware varia dependendo do nível de infecção. Em casos menos agressivos, a remoção é feita por meio de recursos do próprio sistema operacional ou por um antivírus de boa qualidade e atualizado.

Já quando o adware é bastante agressivo, ele se integra ao sistema de forma consistente, o que torna as ações corretivas comuns insatisfatórias. Para resolver o problema, opte pela restauração e reinstalação do sistema operacional.

Tenha cuidado com a propaganda em jogos

De acordo com um estudo realizado pela Kaspersky, diversos aplicativos grátis contêm publicidades que oferecem riscos aos dados pessoais dos usuários (nome, localização, telefone etc.).

A pesquisa constatou que vários SDKs de propaganda (conjunto de códigos entregues por companhias de publicidade para monetizar a navegação dos internautas) não adotam a criptografia, o que reduz o nível de segurança das informações.

A Kaspersky alerta que muitos apps transmitem dados de pessoas sem criptografia por um protocolo HTTP não seguro, aumentando o risco de exposição das informações dos usuários.

A empresa de segurança percebeu que, embora os aplicativos sejam criptografados, se a propaganda em jogos não for, há um comprometimento na proteção das informações. Além disso, informa que a falta de criptografia nos SDKs possibilita que os dados sejam interceptados por qualquer cidadão.

Isso pode acontecer por meio de uma rede Wi-Fi desprotegida, pela empresa fornecedora de serviços de internet ou por um malware que infectou o roteador doméstico. De acordo com a Kaspersky, as informações interceptadas podem ser alteradas, modificando a propaganda em jogos e atraindo os usuários para baixarem softwares com vírus.

Recomendação

Segundo o estudo da empresa de segurança, a estimativa é que existam milhões de aplicativos com SDKs sem criptografia. Por isso, recomenda-se atenção ao autorizar acesso de apps aos recursos de dispositivos móveis.

Outra orientação é não utilizar os aplicativos em redes Wi-Fi públicas ou em locais sem nível elevado de segurança. Todo o cuidado é necessário para manter os dados seguros.

Veja como retirar anúncios indesejáveis

Para evitar propaganda em jogos, os internautas podem contar com mecanismos bastante eficientes para coibir essa prática. Um deles é o app AdWare, que detecta apps com publicidade no dispositivo móvel.

Após a localização do conteúdo publicitário, você pode baixar o aplicativo Block It!, cujo objetivo é bloquear a exibição dos anúncios. É muito simples baixar os 2 apps para retirar as mensagens publicitárias em smartphones com Android.

Depois do download, abra o AdWare e acione o item “Scan now”, para pesquisar os anúncios existentes no dispositivo. Após a identificação dos banners inconvenientes, anote o nome das redes às quais eles estão vinculados.

Logo depois, abra o Block It! e faça o programa funcionar, pressionando o botão em formato de play, que fica no topo da tela. O próximo passo é abrir o jogo ou aplicativo com o banner indesejado. Em seguida, selecione a rede da qual o sistema com a propaganda faz parte.

Depois, vá ao botão com o sinal de proibido, situado na parte direita da tela, para bloquear o surgimento dos anúncios inconvenientes. Por último, ligue novamente o aplicativo ou jogo com o anúncio para ter certeza de que o conteúdo foi removido.

A propaganda em jogos merece bastante atenção dos usuários. Afinal, ela pode provocar problemas com a segurança da informação. Por isso, é sempre bom estar atualizado sobre as melhores medidas para manter os dados protegidos com eficiência.

Gostou do artigo? Se você quer incentivar meninos e meninas a investirem no mundo digital, vale a pena conhecer 9 cases de sucesso de crianças empreendedoras. Sem dúvida, o conhecimento é a peça-chave para vencer novos desafios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *